Receba novidades exclusivas diretamente no seu email. Subscreva a nossa newsletter.
Inicie sessão e beneficie de 10% de desconto na nossa loja online e portes grátis.

O primeiro livro

Os livros com a chancela Europa-América estão de regresso. Claudia Ulloa Donoso, jovem escritora peruana, assina a primeira publicação da editora.

Foi traduzido do espanhol para português pelos premiados Cristina Rodriguez e Artur Guerra.

O livro

Com o título Eu matei um cão na Roménia a escritora Claudia Ulloa Donoso apresenta uma história onde uma mulher latino-americana, que vive na Noruega e que ensina a língua local a imigrantes, está em profunda depressão. Viciada em analgésicos e álcool, foi-lhe concedida baixa médica e não encontra motivos para sair de casa.

A sua condição preocupa o Mihail, um ex-aluno de origem romena, que tenta mantê-la à tona. No entanto, Mihail tem de viajar urgentemente para a Roménia e teme que o pior aconteça durante a sua ausência. Mihail consegue convencer a sua antiga professora e agora melhor amiga a viajar com ele.

Assim, a anónima protagonista deste romance viaja para um país que lhe é completamente desconhecido. Ao chegar, vê o ex-aluno transformar-se em um homem pragmático e mal-humorado que troca dinheiro e documentos com indivíduos esquivos; conhece a sua família, a maioria atolada na saudade dos que migraram em busca de melhores condições de vida; viaja por vilas submersas na escuridão ou cidades que combinam néon com massas de cimento e a nostalgia de um passado imperial há muito perdido.

Durante a viagem, a professora de línguas conseguirá não só ultrapassar a falta de comunicação em que a mergulha uma língua completamente alheia, como também irá confrontar-se diretamente com a morte: com a sua presença, com a ideia da sua iminência e, também, com os meios com que as pessoas deste mundo encontraram lidam com ela.

O que dizem do livro

“Senhoras e senhores, isto é um livro. Uma loucura e uma beleza e uma nova dor. Que grande escritora Claudia Ulloa Donoso é.” Emiliano Monge

Eu matei um cão na Roménia contorna aquele território em que linguagem e pensamento estão ligados por meio de uma estrutura inovadora, personagens e vozes erguidas com habilidade literária incomum.” Marta Sanz, El País

“Nesta estreia deslumbrante, a peruana Claudia Ulloa Donoso leva o leitor a uma viagem literária plástica e vital onde nada é o que parece. Mesmo o mais terreno dos processos corporais é contado com o mínimo detalhe de um movimento lento onde se pode apreciar cada gota e cada piscar ampliado como se estivesse observando a vida através de um grande microscópio.” Adriana Bertorelli, El Mundo

“Nesta estreia deslumbrante, a peruana Claudia Ulloa Donoso leva o leitor a uma viagem literária plástica e vital onde nada é o que parece. Mesmo o mais terreno dos processos corporais é contado com o mínimo detalhe de um movimento lento onde se pode apreciar cada gota e cada piscar ampliado como se estivesse observando a vida através de um grande microscópio.” Adriana Bertorelli, El Mundo

«A escritora peruana surpreende e deslumbra com seu primeiro romance. Uma estranha e luminosa história sobre uma viagem, a imprevisibilidade dos afetos e aquelas palavras que nos tornam estrangeiros ao mesmo tempo que podem nos dar um lugar no mundo.” María José Navia

«Um livro precioso e doloroso, que parece não ter fim; não li um romance mais expansivo este ano.” Paloma Cruz Sotomayor, La Vanguardia

A autora

Claudia Ulloa Donoso nasceu em Lima, no Perú, em 1979.

Os seus contos começaram por ser publicados em revistas peruanas, mexicanas e espanholas e em antologias como Nuevo Cuento Latinoamericano e Les bonnes nouvelles de l’Amérique latine. Anthologie de la nouvelle latinoaméricaine contemporaine, esta última publicada pela editora francesa Gallimard.

Em 2009, a Feira do Livro de Guadalajara selecionou Claudia para o seu “Foro de Novíssimos Narradores” e em 2010 fez parte dos escritores convidados do “III Congresso de Novos Narradores Ibero-americanos” organizado em Madrid pela Casa de América.

Em 2017, foi incluída na lista Bogotá39 que destaca os melhores escritores de ficção da América Latina com menos de 40 anos.

Eu matei um cão na Roménia é o seu romance de estreia. Anteriormente, Claudia tinha publicado livros de contos.

Atualmente vive na cidade norueguesa de Bodø e trabalha como professora de espanhol e de norueguês para imigrantes.

Contactos
geral@europaamerica.pt
Encomendas de livrarias
encomendas@europaamerica.pt
Rua Hermano Neves, Nº18, Piso 3 E-7
1600-477 Lisboa, Portugal

Assine a nossa newsletter

2023 ©EACZ Editora - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Le Peach

Seleccione um ponto de entrega